Como ter uma controladoria de alta performance usando a tecnologia

BLOG | 02/12/2020 | | < Voltar

Já vimos aqui no blog que apostar em uma área de controladoria pode ser um ótimo investimento, afinal, ela auxilia as empresas a monitorar e controlar todas as atividades que envolvem a gestão contábil e fiscal. No entanto, não basta montar o setor para tudo funcionar a contento. É preciso trabalhar para ter uma controladoria de alta performance, pois somente assim ela alcançará todo seu potencial e entregará os resultados esperados.

Ao buscar o alto desempenho, vem junto com ele a eficiência e o controle rígido que toda gestão procura. Isso acontece porque são adotados elevados padrões de qualidade alinhados ao planejamento e ao orçamento empresarial, além de tecnologias de última geração, que facilitam o acesso aos dados necessários para fazer uma análise ampla e cuidadosa do funcionamento da empresa.

E é de olho nessas tecnologias que elaboramos o artigo de hoje. Siga com a gente e conheça soluções que vão ajudar a sua empresa a ter uma controladoria de alta performance!

As 5 principais ferramentas para ter uma controladoria de alta performance

Para ter uma controladoria de alta performance é preciso contar com as ferramentas adequadas. Isso significa, basicamente, explorar todas as opções que a tecnologia pode oferecer para facilitar as atividades do dia a dia. Dessa forma, é possível aproveitar todos os benefícios para fazer as tarefas de maneira ágil e otimizar o acesso às informações mais úteis para a gestão empresarial.

Veja as principais ferramentas recomendadas para realizar o trabalho e garantir o desempenho elevado do setor de controladoria:

1 – Balanced Scorecard (BSC)

É uma metodologia de gestão que usa outras informações e dados, além dos financeiros e econômicos, para analisar o desempenho da empresa, como a performance em relação aos consumidores, o desempenho dos colaboradores e processos operacionais e a atuação quanto à tecnologia e inovação. Seu objetivo é alinhar o planejamento estratégico com as ações operacionais do negócio. A aplicação correta do BSC traz vários benefícios, como a integração de medidas financeiras e não financeiras, a comunicação e o feedback da estratégia, o vínculo da estratégia com o planejamento e o orçamento, a garantia de foco e o alinhamento organizacional

2 – Valor econômico agregado (Economic Value Added – EVA)

O EVA surgiu da necessidade das empresas conseguirem expressar a criação de riqueza. Por isso, podemos dizer que é uma ferramenta que possibilita medir a criação de valor do negócio, ou seja, o EVA é o valor dos bens produzidos por uma empresa depois da dedução dos custos dos insumos adquiridos de terceiros (bens intermediários, matérias-primas e serviços) utilizados na produção, bem como a baixa do custo de capital dos acionistas de forma a compensar o risco.

3 – Custeio baseado em atividades (Custeio ABC)

O Custeio ABC é um método para averiguar os custos das atividades realizadas pela empresa e analisar como elas estão associadas com a geração de receitas e o consumo de recursos. Sua principal função é reduzir as diferenças causadas pelo uso do rateio arbitrário, pois permite contabilizar de maneira mais fiel as despesas e os custos indiretos por meio da avaliação das atividades, dos seus geradores de gastos e dos utilizadores.

4 – Administração baseada em atividades (ABM)

ABM é o modelo de administração que usa o Custeio ABC para gerenciar a organização e a produção. Ela fornece novas fontes de informações e proporciona diferentes visões para fazer a análise da empresa, que desenvolvem e permitem uma melhor compreensão do comportamento dos custos, melhorando o controle sobre eles.

5 – Business Intelligence (BI)

As soluções de BI atuam na coleta de informações estruturadas e não estruturadas para, depois, serem analisadas e interpretadas no momento da tomada de decisão por parte dos gestores. Com elas, o setor de controladoria consegue ter resultados baseados em dados reais para que a alta diretoria consiga decidir o caminho que a empresa deve seguir de maneira fundamentada. De forma resumida, o BI pode ser considerado uma ferramenta que analisa o presente e faz projeções para o futuro, facilitando o alcance das metas e objetivos organizacionais.

Business Intelligence

Aqui, destacamos 5 ferramentas, que consideramos as principais, mas existem várias outras, afinal, todos os dias a tecnologia evolui e nos oferece uma novidade, não é mesmo? O importante é sempre estar de olho nas inovações e entender o que melhor se encaixa no seu negócio para que ele passe a ter uma controladoria de alta performance.

Tenha uma controladoria de alta performance com a WK Sistemas

Ter uma controladoria de alta performance faz muito bem a uma empresa, pois a ajuda no dia a dia da gestão, principalmente na tomada de decisão, ao oferecer informações claras e objetivas de maneira rápida e segura. Só que, para isso, é essencial contar soluções tecnológicas que se adaptem às características do negócio e que consolidem informações e integrações de forma automatizada em todas as áreas da empresa, como as oferecidas pela WK Sistemas.

Nossas soluções atendem legislações fiscais, tributárias, contábeis, previdenciárias e normas IFRS referentes às rotinas de negócio de todas as áreas de sua empresa pelo alto nível de integração entre os processos. Muito além do cumprimento das obrigações, trazem o controle eficiente da gestão orçamentária e consolidam informações essenciais para o gerenciamento das operações financeiras, com foco em gestão por múltiplos centros de resultados.

Para saber mais, acesse nosso site ou entre em contato com a nossa equipe! Estamos sempre prontos para atendê-lo. Se preferir, deixe um comentário no espaço abaixo para continuarmos essa conversa.

ERP na nuvem

Tags: , , , ,

Comentários