Case

Eurosilicone

A Eurosilicone faz parte de um grupo chamado GCA Esthetics, da Irlanda. O grupo ainda possui outras duas empresas de manufatura de próteses de silicone para o corpo. A empresa leva o produto tanto para o consumidor final como também para médicos, clínicas e hospitais. Conhecida internacionalmente, a Eurosilicone possui uma fábrica localizada na França e está presente em muitos países, tendo 40 anos de mercado.

Dificuldades & Necessidades

A principal dificuldade encontrada pela empresa era o desencontro de informações, já que eram muitas pessoas envolvidas com os sistemas utilizados anteriormente e muitos processos que, no fim, acabavam não chegando a uma conclusão e uma informação de confiança.

Esses fatos faziam com que a empresa começasse a ter muito retrabalho. Além disso, ter relatório com números exatos e certeiros também era uma necessidade da empresa, pois muitos clientes eram atendidos e muitas transações eram realizadas.

Antes, a empresa tinha o auxílio de uma contabilidade externa, no entanto, existiam vários empecilhos na hora de fazer a emissão dos documentos fiscais por conta do estado dos clientes que realizavam a compra do produto.

Escolha & Decisão

“Eu já conhecia a solução da WK e indiquei para a direção geral na Europa. Foram analisados três softwares envolvendo os responsáveis de várias áreas, e todos eles acabaram optando pelo custo-benefício do ERP Radar Empresarial”, explica Fátima Palácio, diretora financeira.

“Eu consigo gerar um relatório do jeito que eu quero. É uma economia palpável de R$ 35 mil a R$ 40 mil por mês. O Radar foi um investimento que em 3 meses se pagou e, após este período, só nos gerou economia.”

Fátima Palácio

Diretora Financeira

Resultados & Benefícios

“Acho um ponto forte do sistema ERP Radar Empresarial o fato de ele estar sempre atualizado conforme a legislação. E eu não preciso me preocupar, porque o Radar vai me atender”, comenta a diretora. “O Radar Empresarial faz a empresa se integrar. Eu acho que é um investimento que toda empresa devia fazer”, finaliza.

Fonte: Visimax