7 segredos para você melhorar a sua gestão a partir de agora!

BLOG | 26/07/2021 | | < Voltar

Dê a sua opinião: quais são os fatores que ajudam a empresa a alcançar excelência na gestão? Os especialistas na área apontam várias questões que, juntas, contribuem para isso. É por esta razão que não há uma “receita de bolo” pronta, uma vez que os pontos envolvidos variam desde aspectos técnicos, às questões relacionadas ao pessoal, como motivação e capacitação.

Neste artigo, revelamos 7 segredos que podem trazer excelência à sua empresa.

Boa leitura.

 

1. Conheça seu negócio

Um dos pontos mais importantes para uma gestão de excelência é conhecer o próprio negócio. Pode parecer mentira, mas ainda hoje algumas pessoas abrem determinado empreendimento sem ter noção do que está fazendo: não têm noção de quem é o cliente; não conhecem o produto; desconhecem a concorrência; dentre outras dinâmicas vitais para a sobrevivência da empresa. Num cenário como esse, uma boa gestão passa longe. E isso não é o ideal!

É por isso que, antes de empreender, você precisa se assegurar de que está entrando para um negócio do qual domina. Ou pelo menos compreende como funcionam todas as nuances a ele relacionadas: concorrência, clientes, fornecedores, produtos e serviços a serem prestados, etc.

É essa também a análise do escritor brasiliense, mestre em Ciências Empresariais, Fabio Rodrigues. Autor do livro “Na dúvida, não empreenda!” (Editora Migalhas), ele defende que “é preciso conhecer o negócio, o assunto, o mercado, os produtos, os clientes daquele ramo em que você vai atuar”. E dá uma dica: “tem que ser algo que faça parte do seu universo”.

 

2. Estude a concorrência

Não basta conhecer o negócio. É preciso entender a concorrência e mapear tudo aquilo que ela faz de bom e de ruim. As coisas boas, aquelas que dão certo, podem ser “aprimoradas” – isso se chama benchmarking! E aquilo que não dá certo nos concorrentes, claro, servirá de aprendizado para que você não repita na sua empresa o que já deu errado na empresa do vizinho.

 

3. Dedique-se ao planejamento

Agora, digamos que você já conhece bem o seu ramo de atuação, tem todas as potencialidades e fraquezas da sua empresa mapeadas, bem como as da concorrência. Ainda assim, não pode descuidar do planejamento. Caso descuide, todo esforço até aqui pode ser em vão.

Empresas de sucesso têm uma coisa em comum: elas dedicam tempo planejando bem cada passo que a organização vai dar. Assim, conseguem prever possíveis ameaças de cenário com antecedência, estando, por isso, muito mais preparadas às adversidades do mercado.

É no planejamento – seja ele mensal, bimestral, semestral ou anual – que você entende “onde a empresa está” e “para onde pode ir”. Com acesso a dados estratégicos, obtidos por meio de um bom ERP, a alta gestão da empresa consegue indicar, ali no planejamento, caminhos que devem ser seguidos; metas que precisam ser atingidas; e pontos que precisam de atenção.

 

4.Cuide da motivação dos colaboradores

Uma gestão de excelência também passa pelas pessoas. Capacitar, engajar e motivar os colaboradores impacta diretamente nos resultados da empresa, uma vez que funcionários motivados fazem melhores entregas e são mais comprometidos com a visão do negócio.

Daí a importância de se manter a motivação da equipe em alta. E isso pode ser feito de diversas maneiras. Feedbacks sinceros, valorização salarial, ambiente de trabalho adequado e benefícios (como plano de saúde) são fatores que podem contribuir. Fazer pesquisas internas sobre clima organizacional é um bom termômetro para mensurar os níveis de motivação e engajamento.

 

5. Esteja atento às questões fiscais e tributárias

Impostos e tributos podem ser “grandes vilões” para as empresas, sobretudo quando não se tem uma gestão fiscal e tributária eficiente. A falta de conhecimento pode levar você a enquadrar sua empresa em uma categoria mais onerosa, o que certamente irá aumentar suas despesas. Fora a perda de benefícios como a restituição de impostos – dependendo do ramo.

Ter o auxílio de um profissional contador é um passo importante para que haja uma boa gestão dessas áreas. E se puder contratar um serviço de ERP eficiente, melhor ainda, pois isso trará mais segurança à empresa, ajudando-a no compliance das questões fiscais e tributárias.

 

6. Tenha um bom controle de processos

Um bom ERP ajudará a trazer controles mais efetivos aos processos. Isso porque tais sistemas possuem uma série de funcionalidades que dão não só agilidade às demandas internas, mas, também, segurança. Um exemplo é o controle de requisitantes. Sabe para que ele serve?

Imagine uma empresa onde todos os funcionários pudessem requisitar compras. Certo dia, a lâmpada do corredor queima. A secretária, que chegou bem cedo, nota o fato e solicita a compra de uma lâmpada nova. Meia hora depois, outro colaborador faz o mesmo, sem saber que a secretária já havia encomendo uma. Até que o eletricista chega e, também, pede para comprar a terceira lâmpada. Já pensou no prejuízo? Agora imagina isso em processos mais complexos?!

Com o controle de requisitantes é possível informar quais são as pessoas, na empresa, que estão autorizadas a solicitar determinadas requisições. No caso do estoque, por exemplo, isso evita que a produção pare por falta de insumos; em outros setores, como no de compras, impede que um mesmo material (como no exemplo da lâmpada) seja comprado desnecessariamente.

Mas há diversas outras funcionalidades para o cadastro de requisitantes, que englobam desde a gestão da manutenção (no caso do Radar Produção), ao controle de materiais que tiveram baixa comunicada pelo pessoal da assistência técnica (rotina do Radar Assistec).

 

7. Invista em tecnologia

Hoje em dia, empresas precisam apostar na inovação – caso queiram ter uma gestão de excelência. Investir em novas tecnologias evita dores de cabeça (com questões tributárias, fiscais e até financeiras), coloca a sua empresa à frente da concorrência e ainda otimiza o trabalho da sua equipe. No caso do ERP, é a garantia de contar com ferramentas e funcionalidades específicas para atender as demandas do seu negócio.

É neste cenário que cada vez mais empreendedores descobrem e optam pelo ERP da WK Sistemas, uma solução modular e escalável, capaz de integrar todas as áreas da empresa. Com um software robusto, integrado e excelente custo-benefício, o ERP da WK reúne a simplicidade e a segurança que um sistema de gestão precisa ter, dando autonomia ao usuário.

 

Quer saber mais sobre como melhorar a gestão da sua empresa?

Então acesse: wk.com.br

 

Comentários